Aproveite o frete grátis

Botas Texanas em Cascavel / Ceará

Botas Texanas em Cascavel / Ceará

Buscando botas texanas femininas e masculinas em Cascavel - Ceará?

Acabou de encontrar! Aooo brutos e brutas de Cascavel!



Nós da 7MBoots sabemos que Cascavel - Ceará  é repleta de gente bonita e alegre, eventos sertanejos, e por isso, gostaríamos de oferecer a vocês aquela dica de amigo do peito.

Vocês sabiam que um calçado confortável pode diminuir o estresse corporal, agregar bem-estar e até mesmo, melhorar o seu humor?

Pois é, ter comodidade nos pés faz toda a diferença. E quando todo o conforto se une com beleza, design e elegância indescritível?

Não é maravilhoso? Com as texanas da 7MBoots, isso é possível!

Quem já conhece nossos produtos sabe de toda a qualidade e durabilidade de cada um deles, e quem não conhece, precisa conhecer, afinal, só a 7MBoots oferece uma variedade incrível de botas texanas masculinas, femininas e infantis que agradam a todos os gostos e não decepcionam nos quesitos resistência e durabilidade.

No site da 7MBoots, você cowboy ou cowgirl, encontra botas texanas de bico quadrado, de bico redondo, além de modelos escamados, fabricados a partir de couro réplica de avestruz, com aplicações de bandeiras de países e muito mais!

Todos os nossos pares são fabricados em couro legítimo de maneira artesanal, para garantir a vocês a sensação de um calce perfeito, que proporciona flexibilidade única e bem-estar incomparável.

Corra já para o site e garanta a sua bota texana 7MBoots!

Nós garantimos uma entrega rápida e segura em Cascavel, e em casos de trocas, não há motivos para preocupação, afinal, o nosso procedimento é bastante simples.

Escolha já a sua texana, e receba, na comodidade do seu lar, a sua mais nova companheira de aventuras.


Conheça um pouco mais sobre  Cascavel Ceará:

Gentílico: cascavelense

Histórico

Cascavel Ceará - CE

Histórico
Poucos anos após a assinatura de capitulação de Taborda, que restaurou, com a saída das forças de Matias Bech, o domínio lusitano em terras cearenses, a história de Cascavel registra em 1660, segundo consta do relatório o de 1814 do Governador Luiz Borba Alardo de Menezes a visita catequética do grande padre Antônio Vieira, a quem se ficou devendo o aldeamento de dezenas de missões de várias tribos indígenas da região.
Na fértil região dos tabuleiros, tão propícia ao cultivo da mandioca e da cana-de-açucar, nasce e cresce, - a meio caminho da cidade pôrto de Aracati e de Fortaleza, capital da Província, - um pequeno núcleo populacional que viria a ser, mais tarde, a importante cidade de Cascavel.
Gentílico: cascavelense

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Cascavel, pelo decreto de 04-09-1832 e por ato provincial de 18-03-1832.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Cascavel, pela Resolução do Conselho do Governo de 05-05-1833, desmembrados dos municípios de Aquiraz e Aracati. Sede na atual vila de Cascavel. Constituído do distrito sede. Instalado em 17-10-1833.
Elevado à condição de cidade com a denominação de Cascavel, pelo ato provincial nº 2039, de 02-11-1833.
Pela lei provincial nº 1733, de 25-08-1876 e por Ato Provincial de 16-07-1877 é criado o distrito de Pitombeiras e anexado ao município de Cascavel.
Pelo Ato provincial nº 2051, de 24-11-1883, é criado o distrito de Beberibe e anexado ao município de Cascavel.
Pelo ato de 20-10-1890, é criado o distrito de Bananeiras e anexado ao município de Cascavel.
Pela lei nº 67 de 05-07-1892, desmembra do município de Cascavel o distrito de Beberibe. Elevado à categoria de município.
Pelo Ato de 8-11-1894, é criado o distrito de Baixinha e anexado ao município de Cascavel.
Pelo Ato estadual de 25-01-1910, é criado o distrito de Jacareocara e anexado ao município de Cascavel.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 6 distritos: Cascavel, Baixinha, Bananeiras, Jacareocoara, Pitombeiras e Beberibe.
Pela lei estadual nº 2378, de 28-10-1929, o distrito de Baixinha passou a denominar-se Palmares.
Pelo decreto estadual nº 1156, de 04-12-1933, Cascavel adquiriu o extinto município de Beberibe. Sob o mesmo decreto é criado o distrito de Barrinha.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 9 distritos: Cascavel, Bananeiras, Barrinha, Beberibe, Cruzeiro, Jacarecoara, Palmares, Pitombeiras e Sucatinga. Sendo que os 2 distritos: Cruzeiro e Sucatinga pertencente ao extinto município de Beberibe.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo decreto estadual nº 448, de 20-12-1938, é criado o distrito de Paripueira, com terras desmembradas dos distritos de Sucatinga e Cruzeiro.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 10 distritos: Cascavel, Bananeiras, Barrinha, Beberibe, Cruzeiro, Jacarecoara, Palmares, Paripueira, Pitombeiras e Sucatinga.
Pelo decreto-lei estadual nº 1114, de de 30-12-1943, o distrito de Bananeiras passou a denominar-se Guanaces, o distrito de Barrinha a denominar-se Parajuru, o distrito de Cruzeiro passou a denominar-se Itapeim e ainda o distrito de Palmares a denominar-se Pindoretama.
No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído 10 distritos: Cascavel, Bananeiras, Barrinha, Beberibe, Cruzeiro, Jacarecoara, Palmares, Paripueira, Pitombeiras e Sucatinga.
Pela lei estadual nº 1153, de 22-11-1951, desmembra do município de Cascavel os distritos de Beberibe, Itapeim, Parajuru, Pirapueira e Sucatinga. Para formar o novo município de Beberibe. Sob a mesma lei acima citado é criado o distrito de Caponga, criado com terras desmembradas do distrito de Jacarecoara e anexado ao muinicípio de Cascavel.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 6 distritos: Cascavel, Caponga, Guanacés, Jacareocoara, Pindoretama e Pitombeiras.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Pela lei estadual nº 6309, de 21-05-1963, desmembra do município de Cascavel o distrito de Guanacés. Elevado à categoria de município.
Pela lei estadual nº 6427, de 15-07-1963, desmembra do município de Cascavel o distrito de Pitombeiras. Elevado à categoria de município com a denominação de São Luiz do Pirangi. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 3 distritos: Cascavel, Caponga e Jacareocara. Pela lei estadual nº 8339, de 14-12-1965, Cascavel adquiriu os territórios dos extintos municípios de Guanacés, Pindoretama e Pimtobeiras. Em divisão territorial datada de 31-XII-1968, o município é constituído de 6 distritos: Cacascavel, Caponga, Guanacés, Jacarecoara, Pindorama e Pitambeiras.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-I-1979.
Pela lei estadual nº 11413, de 28-12-1987, desmembra do município de Cascavel o distrito de Pindoretama. Elevado à categoria de município.
Pela lei municpal nº 654, de 20-05-1993, é criado o distrito de Cristais e anexado ao município de Cascavel.
Em divisão territorial datada de 17-I-1991, o município é constituído de 6 distritos: Cacascavel, Caponga, Cristais, Guanacés, Jacarecoara e Pitombeiras.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Separamos alguns produtos para você