Botas Texanas em Urânia / São Paulo

Buscando botas texanas femininas e masculinas em Urânia - São Paulo?

Acabou de encontrar! Aooo brutos e brutas de Urânia!



Nós da 7MBoots sabemos que Urânia - São Paulo  é repleta de gente bonita e alegre, eventos sertanejos, e por isso, gostaríamos de oferecer a vocês aquela dica de amigo do peito.

Vocês sabiam que um calçado confortável pode diminuir o estresse corporal, agregar bem-estar e até mesmo, melhorar o seu humor?

Pois é, ter comodidade nos pés faz toda a diferença. E quando todo o conforto se une com beleza, design e elegância indescritível?

Não é maravilhoso? Com as texanas da 7MBoots, isso é possível!

Quem já conhece nossos produtos sabe de toda a qualidade e durabilidade de cada um deles, e quem não conhece, precisa conhecer, afinal, só a 7MBoots oferece uma variedade incrível de botas texanas masculinas, femininas e infantis que agradam a todos os gostos e não decepcionam nos quesitos resistência e durabilidade.

No site da 7MBoots, você cowboy ou cowgirl, encontra botas texanas de bico quadrado, de bico redondo, além de modelos escamados, fabricados a partir de couro réplica de avestruz, com aplicações de bandeiras de países e muito mais!

Todos os nossos pares são fabricados em couro legítimo de maneira artesanal, para garantir a vocês a sensação de um calce perfeito, que proporciona flexibilidade única e bem-estar incomparável.

Corra já para o site e garanta a sua bota texana 7MBoots!

Nós garantimos uma entrega rápida e segura em Urânia, e em casos de trocas, não há motivos para preocupação, afinal, o nosso procedimento é bastante simples.

Escolha já a sua texana, e receba, na comodidade do seu lar, a sua mais nova companheira de aventuras.


Conheça um pouco mais sobre  Urânia São Paulo:

Gentílico: uraniense

Histórico

Urânia
São Paulo - SP

Histórico

A criação de Urânia deu-se no ano de 1943, quando no dia 05 de junho, o corretor de imóveis, Benedito Pinto Ferreira Braga, residente em Catanduva, comprou do Sr. Bernardino de Almeida e sua mulher, uma gleba de terra de 1.000 alqueires, localizada na Fazenda Palmital, também conhecida por Ponte Pensa.
Esta gleba, comprada pelo Sr. Zico Braga, era uma pequena gleba da referida fazenda, tendo em vista que esta abrangia um torrão situado em sua quase totalidade no Município de Pereira Barreto (Comarca de Araçatuba) e uma pequena parte na Comarca de Votuporanga, de onde saiu o patrimônio que deu origem ao município.
Segundo uma certidão expedida pela Comarca de Tanabi, datada de 17 de setembro de 1949, o Sr. Zico Braga e sua mulher não fizeram nenhuma alienação ou oneração de terras na Fazenda Palmital, além da que está referida na escritura original, destacando-se a hipótese muito usada de grilagem de terra.
O mais provável, segundo alguns relatos, é que tenha ocorrido algumas desavenças entre o proprietário e alguns posseiros residentes nestas terras, pelo fato dos posseiros estarem morando na região por longos anos e não possuírem documentos que os legitimassem como donos das terras por eles ocupadas; e, em contrapartida, o Sr. Zico Braga, enquanto corretor de terras, teria comprado o título ? documento que dá ao seu portador a posse legal das terras ? sem antes ter visitado a propriedade.
Quando do contrato entre as duas partes, pode ter havido problemas de aceitação, mas, nada há que comprove a existência de conflitos armados entre os antigos moradores e o proprietário.
Quando foram compradas as terras, já havia o interesse em fundar uma cidade, pois além da preocupação em investir em imóveis, já havia a possibilidade destas terras serem cortadas pela Estrada de Ferro Araraquarense - EFA. Houve um interesse muito grande do proprietário em instalar nas mesmas uma estação de embarque e desembarque, pois assim estaria garantida a valorização de seu patrimônio.
A partir daí o proprietário entrou em contato com os responsáveis pela ferrovia para expor suas idéias. Depois de muita insistência, o diretor da EFA, engenheiro Oswaldo Sant'Ana, comunicou ao Sr. Zico que a estação seguinte a de Jales, seria construída no marco 8.500.
O Sr. Zico Braga fez a medição e descobriu que este marco encontrava-se dentro de suas terras, e, conhecedor dos benefícios trazidos por esta obra, imediatamente resolveu assumir a responsabilidade de construir uma cidade.
Foi em 13 de junho de 1950 que nasceu Urânia.

Gentilico: uraniense