Botas Texanas em Cacoal / Rondônia

Buscando botas texanas femininas e masculinas em Cacoal - Rondônia?

Acabou de encontrar! Aooo brutos e brutas de Cacoal!



Nós da 7MBoots sabemos que Cacoal - Rondônia  é repleta de gente bonita e alegre, eventos sertanejos, e por isso, gostaríamos de oferecer a vocês aquela dica de amigo do peito.

Vocês sabiam que um calçado confortável pode diminuir o estresse corporal, agregar bem-estar e até mesmo, melhorar o seu humor?

Pois é, ter comodidade nos pés faz toda a diferença. E quando todo o conforto se une com beleza, design e elegância indescritível?

Não é maravilhoso? Com as texanas da 7MBoots, isso é possível!

Quem já conhece nossos produtos sabe de toda a qualidade e durabilidade de cada um deles, e quem não conhece, precisa conhecer, afinal, só a 7MBoots oferece uma variedade incrível de botas texanas masculinas, femininas e infantis que agradam a todos os gostos e não decepcionam nos quesitos resistência e durabilidade.

No site da 7MBoots, você cowboy ou cowgirl, encontra botas texanas de bico quadrado, de bico redondo, além de modelos escamados, fabricados a partir de couro réplica de avestruz, com aplicações de bandeiras de países e muito mais!

Todos os nossos pares são fabricados em couro legítimo de maneira artesanal, para garantir a vocês a sensação de um calce perfeito, que proporciona flexibilidade única e bem-estar incomparável.

Corra já para o site e garanta a sua bota texana 7MBoots!

Nós garantimos uma entrega rápida e segura em Cacoal, e em casos de trocas, não há motivos para preocupação, afinal, o nosso procedimento é bastante simples.

Escolha já a sua texana, e receba, na comodidade do seu lar, a sua mais nova companheira de aventuras.


Conheça um pouco mais sobre  Cacoal Rondônia:

Gentílico: cacoaense

Histórico

Quarta maior cidade do Estado de Rondônia, surgiu com a implantação do Projeto Integrado de Colonização PIC Gi-Paraná, em 1972.
A vila de Cacoal surgiu na década de 60 quando iniciaram a abertura da BR-364, mas a denominação da região existe desde o tempo de Marechal Rondon. Conta o professor e historiador, Amizael Gomes da Silva, no livro: ?No Rastro dos Pioneiros: um pouco da história de Rondônia?, que Rondon teria recomendado ao guarda-fio Anízio Serrão, que construísse uma casa e requeresse o local próximo à margem do rio Machado, onde havia notado grande quantidade de cacau nativo. Serrão requereu o local para si e denominou-o Cacoal. Isso ocorreu em 1912.
Em 1960, o seringueiro e garimpeiro José Cassimiro Lopes construiu um tosco barraco no lado esquerdo da rodovia, ali permaneceu até o início da década de 70, quando intensificou os trabalhos de abertura da estrada e começaram os problemas, principalmente no inverno, quando apareciam grandes lamaçais, sendo que um desses ficava nas proximidades da casa do seringueiro, entre os igarapés Pirarara e Tamarupá. Impedidos de prosseguir viagem, os motoristas esperavam na casa do seringueiro e depois construíram tapiris onde passaram a expor suas mercadorias que levavam à venda para evitar que se estragassem.
José Cassimiro Lopes que havia requerido as terras ao Governo do Mato Grosso para extração de látex, no início do Projeto de Colonização e a formação da Vila de Cacoal, teve parte delas desapropriada, restando-lhe a que hoje abrange os conhecidos bairros Bandeirantes, Arco-íris, Vista Alegre e parte do Setor Industrial.
As terras férteis atraiam os migrantes que iniciaram invadi-las. Os motoristas, aos poucos iam se transformando em comerciantes, oferecendo aos agricultores fornecimento de gêneros de primeira necessidade e confecções. (