Comece A Apostar Na Agricultura De Precisão

5 Dicas essenciais para você começar a apostar na agricultura de Precisão

A Agricultura de Precisão, também conhecida pela sigla AP, é um novo estilo de negócio e por isso, gera inúmeras dúvidas em quem ainda não iniciou a implantação. Devido à rápida expansão da área e os resultados oferecidos, esse tema é muito discuto mas, ainda assim, algumas informações essenciais não são explicadas. Por isso, com o objetivo de ajudar quem está começando um ou deseja começar, nós, da 7MBoots trouxemos 5 dicas essenciais para você apostar na Agricultura de Precisão.

1-Tenha calma, os resultados vêm com o tempo

Por mais que a Agricultura de Precisão seja uma ótima aposta, ela não faz milagres. Por isso, fique atento aos profissionais que prometem resultados instantâneos. Afinal, as técnicas são baseadas na compreensão das variações existentes dentro das áreas e no trabalho constante para retirar o melhor resultado dentro de cada espaço da lavoura. Portanto, é impossível garantir resultados de um dia para o outro, porque cada lavoura é única e os resultados dependem do estado que o espaço se encontrava antes de começar a AP.

2-Cuidados básicos e essenciais

A Agricultura de Precisão não trará bons resultados sozinha, os cuidados básicos com a lavoura também são fundamentais. Por exemplo, a AP é incapaz de consertar uma lavoura mal semeada ou plantada fora de época. Portanto, cuide bem do seu solo e lembre-se de fazer o básico de maneira bem feita, esse processo engloba desde o planejamento, até a escolha de sementes e operações manuais na lavoura.

3-Cada caso é um caso

Se em alguns casos os resultados já chegam no primeiro ano, é preciso considerar que nem todos têm a mesma sorte. Afinal, como foi dito anteriormente, garantir resultados rápidos depende de vários fatores como a situação da área, clima e pragas. Por isso, seja paciente, pois os melhores e mais rentáveis resultados chegam a partir do conhecimento adquirido sobre a fertilidade da área que ocorre com passar dos anos.

4-Busque sempre o conhecimento

Embora as tecnologias e softwares disponíveis sejam extremamente úteis, eles não trabalham sozinhos. Por isso, é preciso que haja pessoas capacitadas para coordenar o uso dos equipamentos. Entre todos os conhecimentos, o mais necessário, sem dúvidas, é o agrônomo. Por isso, se você deseja dar o primeiro passo, uma boa opção é entrar em contato com um prestador de serviços AP. Dessa forma, ele fará o mapeamento da área e irá te orientar na aplicação das recomendações de sua localização. Mas, antes disso, procure conversar com quem já é cliente de alguma empresa de AP e assegure-se sobre a qualidade dos serviços prestados como a entrega dos mapas e o processo de elaboração dos ciclos agrícolas.

5-Trabalhe com a produtividade

A partir da implantação das técnicas de Agricultura de Precisão, é possível buscar uma redução de custos, com menor utilização e insumos e sem prejudicar a produtividade. Porém, na maior parte das vezes, essa redução é estabelecida através da utilização da poupança de nutrientes presentes no solo. E, se considerarmos o nosso difícil cenário econômico atual, pode ser uma alternativa, mas deve partir de uma escolha consciente por parte do produtor. Paralelamente, o aumento da produtividade pode ser buscado de maneira contínua, uma ação sustentável que pode atingir bons resultados com a manutenção do nível de investimento e a partir das decisões baseadas em números. Na maior parte dos casos, a busca contínua por maiores produções é o melhor caminho.