Aproveite o frete grátis

Botas Texanas em Cidreira / Rio Grande do Sul

Botas Texanas em Cidreira / Rio Grande do Sul

Buscando botas texanas femininas e masculinas em Cidreira - Rio Grande do Sul?

Acabou de encontrar! Aooo brutos e brutas de Cidreira!



Nós da 7MBoots sabemos que Cidreira - Rio Grande do Sul  é repleta de gente bonita e alegre, eventos sertanejos, e por isso, gostaríamos de oferecer a vocês aquela dica de amigo do peito.

Vocês sabiam que um calçado confortável pode diminuir o estresse corporal, agregar bem-estar e até mesmo, melhorar o seu humor?

Pois é, ter comodidade nos pés faz toda a diferença. E quando todo o conforto se une com beleza, design e elegância indescritível?

Não é maravilhoso? Com as texanas da 7MBoots, isso é possível!

Quem já conhece nossos produtos sabe de toda a qualidade e durabilidade de cada um deles, e quem não conhece, precisa conhecer, afinal, só a 7MBoots oferece uma variedade incrível de botas texanas masculinas, femininas e infantis que agradam a todos os gostos e não decepcionam nos quesitos resistência e durabilidade.

No site da 7MBoots, você cowboy ou cowgirl, encontra botas texanas de bico quadrado, de bico redondo, além de modelos escamados, fabricados a partir de couro réplica de avestruz, com aplicações de bandeiras de países e muito mais!

Todos os nossos pares são fabricados em couro legítimo de maneira artesanal, para garantir a vocês a sensação de um calce perfeito, que proporciona flexibilidade única e bem-estar incomparável.

Corra já para o site e garanta a sua bota texana 7MBoots!

Nós garantimos uma entrega rápida e segura em Cidreira, e em casos de trocas, não há motivos para preocupação, afinal, o nosso procedimento é bastante simples.

Escolha já a sua texana, e receba, na comodidade do seu lar, a sua mais nova companheira de aventuras.


Conheça um pouco mais sobre  Cidreira Rio Grande do Sul:

Gentílico: cidreirense

Histórico

Cidreira Rio Grande do Sul - RS
Histórico
Em 1767 foi doado pela Coroa de Portugal a sesmaria de Cidreira para o Almoxarife-Mor Manuel Pereira Franco. O primeiro lugarejo que se formou em Cidreira, foi mais ou menos a uma légua do mar (6.600m). Até então o litoral não era valorizado devido ao solo arenoso, quase improdutivo, sendo que somente após 1860, começaram a vir para Cidreira, em carretas puxadas por bois, os primeiros veranistas, ficando estes em casas de palha, com chão de areia batida.
A partir de 1930, começaram a surgir as primeiras casas de madeira, e foi construída a Igreja Nossa Senhora da Saúde (em madeira). Em 1941, o Pe. Caruso, mandou instalar em Cidreira um gerador de luz que funcionava até as 22 horas. Em 1943, houve um rigoroso controle sobre os moradores. devido a II Guerra Mundial, e as luzes eram desligadas às 20 horas, para que o povoado não fosse localizado, caso algum navio estrangeiro passasse am alto mar. Para se entender o processo de emancipação pelo qual passou o litoral, é necessário que se retroceda até 1960, ano em que teve início a luta pela emancipação de Tramandaí e Capão da Canoa, os maiores Distritos de Osório.
O plebiscito foi aprovado pela Asembléia Legislativa em 25 de maio de 1965, e realizado em 25 de junho daquele mesmo ano. Não fosse a emancipação de Tramandaí, toda esta vasta faixa que fazia parte do Município de Osório, estaria totalmente estagnada, pois teria sido impossível à Prefeitura, por mais esforço que fizesse, promover o desenvolvimento de tão vasto território, assim, cada distrito foi pleiteando sua autonomia política, chegando finalmente á vez de Cidreira. Conta-se que o nome originou-se da grande quantidade de pequenas árvores das rutáceas (que produz cidra) encontradas no lugar.
Gentílico: cidreirense

Formação Administrativa
Elevado à categoria de município com a denominação de Cidreira, pela lei estadual nº 8606, de 09-05-1988, desmembrado de Tramandaí e Palmares do Sul. Sede no Balneário de Cidreira ex-povoado do distrito de Tramandaí. Constituído do distrito sede. Instalado em 01-01-1989.
Pela lei municipal nº 112, de 14-11-1990, são criados os distritos de Pinhal e Tunel Verde e anexados ao município de Cidreira.
Em divisão territorial datada de 2005, o município é constituído de 2 distritos: Cidreira e Costa do Sol.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Separamos alguns produtos para você