Aproveite o frete grátis

Botas Texanas em Colombo / Paraná

Botas Texanas em Colombo / Paraná

Buscando botas texanas femininas e masculinas em Colombo - Paraná?

Acabou de encontrar! Aooo brutos e brutas de Colombo!



Nós da 7MBoots sabemos que Colombo - Paraná  é repleta de gente bonita e alegre, eventos sertanejos, e por isso, gostaríamos de oferecer a vocês aquela dica de amigo do peito.

Vocês sabiam que um calçado confortável pode diminuir o estresse corporal, agregar bem-estar e até mesmo, melhorar o seu humor?

Pois é, ter comodidade nos pés faz toda a diferença. E quando todo o conforto se une com beleza, design e elegância indescritível?

Não é maravilhoso? Com as texanas da 7MBoots, isso é possível!

Quem já conhece nossos produtos sabe de toda a qualidade e durabilidade de cada um deles, e quem não conhece, precisa conhecer, afinal, só a 7MBoots oferece uma variedade incrível de botas texanas masculinas, femininas e infantis que agradam a todos os gostos e não decepcionam nos quesitos resistência e durabilidade.

No site da 7MBoots, você cowboy ou cowgirl, encontra botas texanas de bico quadrado, de bico redondo, além de modelos escamados, fabricados a partir de couro réplica de avestruz, com aplicações de bandeiras de países e muito mais!

Todos os nossos pares são fabricados em couro legítimo de maneira artesanal, para garantir a vocês a sensação de um calce perfeito, que proporciona flexibilidade única e bem-estar incomparável.

Corra já para o site e garanta a sua bota texana 7MBoots!

Nós garantimos uma entrega rápida e segura em Colombo, e em casos de trocas, não há motivos para preocupação, afinal, o nosso procedimento é bastante simples.

Escolha já a sua texana, e receba, na comodidade do seu lar, a sua mais nova companheira de aventuras.


Conheça um pouco mais sobre  Colombo Paraná:

Gentílico: colombense

Histórico

Em novembro de 1877 um grupo de imigrantes italianos, composto de 162 colonos: 48 homens, 42 mulheres, 42 meninos e 30 meninas chefiados pelo Padre Angelo Cavalli, saíram do Norte da Itália, região do Veneto, como Nove, Cismon del Grapa, Maróstica, Bassano del Grapa, Valstagna, entre outras e chegaram às terras do Paraná. Primeiramente, esses imigrantes se estabeleceram em Morretes na Colônia Nova Itália e mais tarde, abandonaram as terras e subiram a Serra do Mar, em direção a Curitiba.
Em setembro de 1878, esse grupo de italianos, um total de 40 famílias, recebeu  do Governo Provincial terras demarcadas em 80 lotes, 40 urbanos e 40 rurais, localizados a 23 Km de Curitiba, na localidade do Butiatumirim recebendo o nome de Colônia  ?Alfredo Chaves?. Este nome se deu  em homenagem ao então Inspetor Geral  de Terras e Colonização, Dr. Alfredo Rodrigues Fernandes Chaves.
Ainda no fim do século XIX, as terras que originariam o Município de Colombo receberam novos contingentes de imigrantes. No ano de 1886 foi criada a Colônia Antonio Prado, com imigrantes polacos e italianos, também no mesmo ano, criou-se a Colônia Presidente Faria somente com imigrantes italianos; um ano depois anexo a Colônia Presidente Faria, surgiu a Colônia Maria José (atualmente Município de Quatro Barras); e finalmente em 1888 surgiu a Colônia Eufrazio Correia (atualmente Bairro do Capivari), sendo as duas últimas colônias somente de imigrantes italianos. Porém, a  Colônia que mais se destacou foi a Colônia Alfredo Chaves que assumiu o papel de sede do futuro Município.
A mudança oficial do nome Colônia Alfredo Chaves para Colombo, deve-se a uma medida do Governo Provisório Republicano, pelo Decreto n.º 11 de 8 de janeiro de 1890. Este nome foi dado em homenagem ao descobridor das Américas ? Cristóvão Colombo. Somente em  5 de fevereiro de 1890 foi instalado o município, sendo o seu primeiro Presidente de Intendência o Sr. Francisco de Camargo Pinto e em 1891 assumiu João Gualberto Bittencourt.

Formação Administrativa

Elevado à categoria de vila com a denominação de Colombo, por Decreto n.º 11, de 08-01-1890, desmembrado de Curitiba. Sede na povoação de Colônia Alfredo Chaves. Constituído do distrito sede. Instalado em 05-11-1890.
Pelo Decreto Estadual n.º 1.703, de 14-07-1932, o município de Colombo passou a denominar-se Capivari. Sob o mesmo decreto o município de Bocaiúva foi extinto, sendo seu território anexado ao município de Capivari.
Por Decreto Estadual n.º 1.831, de 09-08-1933, o município volta a denominar-se Colombo.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município já denominado Colombo é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 7.573, de 20-10-1938, o município de Colombo foi extinto, sendo seu território anexado ao município de Curitiba.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o distrito de Colombo figura no município de Curitiba.
Elevado novamente à categoria de município com a denominação de Colombo, pelo Decreto Estadual n.º 199, de 30-10-1943, desmembrado de Curitiba. Constituído de 3 distritos: Colombo, Campo Magro e Timoneira (ex-Tamandaré), todos desmembrados de Curitiba.
No quadro fixado para vigorar no período de 1944-1948, o município é constituído de 3 distritos: Colombo, Campo Magro e Timoneira.
Pela Lei Estadual n.º 2, de 10-10-1947, desmembra do município de Colombo os distritos de Campo Magro e Timoneira, para constituir o novo município de Timoneira.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Separamos alguns produtos para você