Aproveite o frete grátis

Botas Texanas em Coronel Fabriciano / Minas Gerais

Botas Texanas em Coronel Fabriciano / Minas Gerais

Buscando botas texanas femininas e masculinas em Coronel Fabriciano - Minas Gerais?

Acabou de encontrar! Aooo brutos e brutas de Coronel Fabriciano!



Nós da 7MBoots sabemos que Coronel Fabriciano - Minas Gerais  é repleta de gente bonita e alegre, eventos sertanejos, e por isso, gostaríamos de oferecer a vocês aquela dica de amigo do peito.

Vocês sabiam que um calçado confortável pode diminuir o estresse corporal, agregar bem-estar e até mesmo, melhorar o seu humor?

Pois é, ter comodidade nos pés faz toda a diferença. E quando todo o conforto se une com beleza, design e elegância indescritível?

Não é maravilhoso? Com as texanas da 7MBoots, isso é possível!

Quem já conhece nossos produtos sabe de toda a qualidade e durabilidade de cada um deles, e quem não conhece, precisa conhecer, afinal, só a 7MBoots oferece uma variedade incrível de botas texanas masculinas, femininas e infantis que agradam a todos os gostos e não decepcionam nos quesitos resistência e durabilidade.

No site da 7MBoots, você cowboy ou cowgirl, encontra botas texanas de bico quadrado, de bico redondo, além de modelos escamados, fabricados a partir de couro réplica de avestruz, com aplicações de bandeiras de países e muito mais!

Todos os nossos pares são fabricados em couro legítimo de maneira artesanal, para garantir a vocês a sensação de um calce perfeito, que proporciona flexibilidade única e bem-estar incomparável.

Corra já para o site e garanta a sua bota texana 7MBoots!

Nós garantimos uma entrega rápida e segura em Coronel Fabriciano, e em casos de trocas, não há motivos para preocupação, afinal, o nosso procedimento é bastante simples.

Escolha já a sua texana, e receba, na comodidade do seu lar, a sua mais nova companheira de aventuras.


Conheça um pouco mais sobre  Coronel Fabriciano Minas Gerais:

Gentílico: fabricianense

Histórico

Diz a tradição que Francisco Rodrigues Franco, procedente de Antônio Dias, foi o primeiro habitante de Coronel Fabriciano. Isso mais ou menos em 1800.
De Leopoldina, em 1832, veio Francisco de Paula e Silva Santa Maria, cognominado Chico Santa Maria. Fazendeiro naquela cidade e pai de numerosa prole, recebeu, como prêmio do Imperador D. Pedro II, três sesmarias ? Alegre, Limoeiro e Timóteo - , as quais foram por ele divididas. Muito contribuiu para o desbravamento da região, esse pioneiro.
Instalando-se à margem direita do Rio Piracicaba, iniciou a devastação da mata virgem, facilitando o comércio entre as cidades vizinhas.
Depois deu execução aos trabalhos de agricultura. Mais tarde, sua casa tornara-se, por força das circunstâncias, ponto de hospedagem de viajantes em trânsito para Mesquita e Joanésia, ou vice-versa, aos quais atendia com a máxima solicitude.
A história contemporânea de Coronel Fabriciano começa em 1922, quando do reinício dos trabalhos de construção da ferrovia, anteriormente paralisada em Cachoeira Escura, no município de Mesquita, devido à Conflagração de 1914. Naquele ano, chegaram à localidade os engenheiros da E.F. Vitória ? Minas para estudo de um plano de continuação das obras, cujo objetivo era atingir São José das Alagoas, onde seus trilhos seriam ligados aos da Estrada de Ferro Central do Brasil, ficando assim em comunicação direta com as capitais de Minas e Espírito santo.
Em 1936, a Cia. Siderúrgica Belgo-Mineira, com sede em Belo Horizonte e altos Fornos em João Monlevade, município de Rio Piracicaba, instalou em Coronel Fabriciano, então distrito de Melo Viana, um escritório, com o objetivo de explorar carvão vegetal, na zona do Vale do Rio Doce. A Belgo-Mineira deve-se o impulso inicial da cidade. Mas, somente em 1944, com a instalação da Cia. Aços Especiais Itabira (Acesita), Coronel Fabriciano receberia o grande impulso que transformaria o distrito no grande município de hoje.

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Melo Viana (ex-povoado de Santo Antônio de Piracicaba), pela Lei Estadual n.º 823, de 07-09-1923, subordinado ao município de Antônio Dias.
Em divisão administrava referente ao ano de 1933, o distrito de Melo Viana, figura no município de Antônio Dias.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XIIX-1937.
Pelo Decreto-lei Estadual n.º 148, de 17-12-1938, o distrito de Melo Viana tomou o nome de Coronel Fabriciano.
Elevado à categoria de município com a denominação de Coronel Fabriciano, pela Lei Estadual n.º 336, de 27-12-1938. Desmembrado de Antônio Dias. Sede no atual distrito de Coronel Fabriciano (ex-Melo Viana). Constituído de 3 distritos: Coronel Fabriciano, Timóteo e Barra Alegre, os dois primeiros desmembrados de Antônio Dias e Barra Alegre criado pela mesma lei do município. Instalado em 01-01-1949.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: Coronel Fabriciano, Barra Alegre e Timóteo.
Pela Lei Estadual n.º 1.039, de 12-12-1953, é criado o distrito de Ipatinga e anexado ao município de Coronel Fabriciano.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 4 distritos: Coroenel Fabriciano, Barra Alegre, Ipatinga e Timóteo.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Pela Lei Estadual n.º 2.764, de 30-12-1962, é desmembrado do município de Coronel Fabriciano os distritos de Ipatinga e Barra Alegre, para formar o novo município de Ipatinga. Pela mesma Lei Estadual, é desmembrado do município de Coronel Fabriciano o distrito de Timóteo e ainda é criado o distrito de Senador Melo Viana e anexado ao município de Coronel Fabriciano.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído de 2 distritos: Coronel Fabriciano e Senador Melo Viana.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Separamos alguns produtos para você