Aproveite o frete grátis

Botas Texanas em Lajinha / Minas Gerais

Botas Texanas em Lajinha / Minas Gerais

Buscando botas texanas femininas e masculinas em Lajinha - Minas Gerais?

Acabou de encontrar! Aooo brutos e brutas de Lajinha!



Nós da 7MBoots sabemos que Lajinha - Minas Gerais  é repleta de gente bonita e alegre, eventos sertanejos, e por isso, gostaríamos de oferecer a vocês aquela dica de amigo do peito.

Vocês sabiam que um calçado confortável pode diminuir o estresse corporal, agregar bem-estar e até mesmo, melhorar o seu humor?

Pois é, ter comodidade nos pés faz toda a diferença. E quando todo o conforto se une com beleza, design e elegância indescritível?

Não é maravilhoso? Com as texanas da 7MBoots, isso é possível!

Quem já conhece nossos produtos sabe de toda a qualidade e durabilidade de cada um deles, e quem não conhece, precisa conhecer, afinal, só a 7MBoots oferece uma variedade incrível de botas texanas masculinas, femininas e infantis que agradam a todos os gostos e não decepcionam nos quesitos resistência e durabilidade.

No site da 7MBoots, você cowboy ou cowgirl, encontra botas texanas de bico quadrado, de bico redondo, além de modelos escamados, fabricados a partir de couro réplica de avestruz, com aplicações de bandeiras de países e muito mais!

Todos os nossos pares são fabricados em couro legítimo de maneira artesanal, para garantir a vocês a sensação de um calce perfeito, que proporciona flexibilidade única e bem-estar incomparável.

Corra já para o site e garanta a sua bota texana 7MBoots!

Nós garantimos uma entrega rápida e segura em Lajinha, e em casos de trocas, não há motivos para preocupação, afinal, o nosso procedimento é bastante simples.

Escolha já a sua texana, e receba, na comodidade do seu lar, a sua mais nova companheira de aventuras.


Conheça um pouco mais sobre  Lajinha Minas Gerais:

Gentílico: lajinhense

Histórico

Lajinha
Minas Gerais - MG

Histórico

O atual município teve como núcleo inicial a antiga fazenda São Domingos, de propriedade de Francisco Tomás de Aquino Leite Ribeiro - o Comendador Leite.
Em 1882, o fazendeiro deu início ao patrimônio que, legado aos descendentes, veio mais tarde a formar a cidade de Lajinha.
Após a morte do comendador e em decorrência da abolição da escravatura, a fazenda esteve em estado de abandono. Nos primeiros anos deste século, restava apenas uma cultura de café sem tratos.
Segundo a tradição, foi Francisco Mateus Laranja quem dirigiu os trabalhos de derrubada da mata onde viria a crescer o povoado.
Em 1910, o desbravador, junto com José Lucas de Barros, recebeu de Antônio Pedro Garcia, genro do Comendador Leite, um alqueire de terra onde foi erguida uma capela em honra a Nossa Senhora de Nazaré.
Em 1916, a sede do distrito de Santana do José Pedro - atual Santana do Manhuaçu - foi transferida para a povoação do Lajinha do Chalé. A redução do nome para Lajinha deu-se em 1929. Passou a município em 1938, desmembrando-se de Ipanema

Formação Administrativa

Distrito criado com a denominação de Lajinha do Chalé, pela Lei Estadual nº 665, de 23-08-1916, subordinado ao município de Rio José Pedro.
Pela Lei Estadual nº 843, de 07-09-1923, o município de Rio José Pedro tomou o nome de José Pedro.
Pela Lei Estadual nº 1035, de 20-09-1928, o município de José Pedro passou a chamar-se Ipanema.
Pela Lei Estadual nº 1128, de 19-10-1929, o distrito de Lajinha do Chalé teve sua denominação simplificada para Lajinha.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o distrito de Lajinha (ex-Lajinha do Chalé), figura no município de Ipanema (ex-José Pedro).
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Elevado à categoria de município com a denominação de Lajinha, pelo Decreto-Lei Estadual nº 148, de 17-12-1938, desmembrado de Ipanema.
Sede no antigo distrito de Lajinha. Constituído de 2 distritos: Lajinha e Chalé, ambos desmembrados de Ipanema. Não temos à data de instalação.
No quadro fixado para vigorar no período de 1939-1943, o município é constituído de 2 distritos: Lajinha e Chalé.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1950.
Pela Lei nº 1039, de 12-12-1953, foram criados os distritos de Professor Eperber e São José do Mantimento, ambos povoados criados com terras desmembradas do distrito de Chalé e anexados ao município de Lajinha.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1955, o município é constituído de 4 distritos: Lajinha, Chalé, Professor Eperber e São José do Mantimento.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1-VII-1960.
Pela Lei Estadual nº 2764, de 30-12-1962, desmembrada do município de Lajinha os distritos de Chalé, Professor Sperber, para formar o novo município de Chalé. E ainda pela mesma lei desmembra do município de Lajinha o distrito de São José do Mantimento. Elevado á categoria de município.
Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 1999.
Pela Lei nº 757, é criado o distrito de Prata de Lajinha e anexado ao município de Lajinha.
Em divisão territorial datada de 2001, o município é constituído de 2 distritos: Lajinha e Prata de Lajinha.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alteração toponímica distrital

Lajinha do Chalé para simplesmente Lajinha, alterado pela Lei Estadual nº 1128, de 19-10-1929. .

Separamos alguns produtos para você