Aproveite o frete grátis

Botas Texanas em Monte Azul / Minas Gerais

Botas Texanas em Monte Azul / Minas Gerais

Buscando botas texanas femininas e masculinas em Monte Azul - Minas Gerais?

Acabou de encontrar! Aooo brutos e brutas de Monte Azul!



Nós da 7MBoots sabemos que Monte Azul - Minas Gerais  é repleta de gente bonita e alegre, eventos sertanejos, e por isso, gostaríamos de oferecer a vocês aquela dica de amigo do peito.

Vocês sabiam que um calçado confortável pode diminuir o estresse corporal, agregar bem-estar e até mesmo, melhorar o seu humor?

Pois é, ter comodidade nos pés faz toda a diferença. E quando todo o conforto se une com beleza, design e elegância indescritível?

Não é maravilhoso? Com as texanas da 7MBoots, isso é possível!

Quem já conhece nossos produtos sabe de toda a qualidade e durabilidade de cada um deles, e quem não conhece, precisa conhecer, afinal, só a 7MBoots oferece uma variedade incrível de botas texanas masculinas, femininas e infantis que agradam a todos os gostos e não decepcionam nos quesitos resistência e durabilidade.

No site da 7MBoots, você cowboy ou cowgirl, encontra botas texanas de bico quadrado, de bico redondo, além de modelos escamados, fabricados a partir de couro réplica de avestruz, com aplicações de bandeiras de países e muito mais!

Todos os nossos pares são fabricados em couro legítimo de maneira artesanal, para garantir a vocês a sensação de um calce perfeito, que proporciona flexibilidade única e bem-estar incomparável.

Corra já para o site e garanta a sua bota texana 7MBoots!

Nós garantimos uma entrega rápida e segura em Monte Azul, e em casos de trocas, não há motivos para preocupação, afinal, o nosso procedimento é bastante simples.

Escolha já a sua texana, e receba, na comodidade do seu lar, a sua mais nova companheira de aventuras.


Conheça um pouco mais sobre  Monte Azul Minas Gerais:

Gentílico: monte-azulense

Histórico

Monte Azul Minas Gerais - MG
Histórico
Segundo a tradição foi Maria Rosária, amante do explorador Spinosa quem primeiro se fixou às margens do rio Tremendal, por volta do segundo quartel do século XIX. João Carlos de Oliveira e o coronel Manoel José da Silva prestaram-lhe, posteriormente, colaboração, o levantamento do povoado de Boa Vista do Tremendal.
O território da comunidade ficou definido com a doação, feita pelo alferes Joaquim Teixeira da Silva, das terras compreendidas entre o rio Tremendal e o local chamado Pau do Morcêgo. A doação foi feita à paróquia de Nossa Senhora das Graças, representando assim um esforço no sentido de dar organizações ao grupo ali reunido.
Gentílico: monte-azulense

Formação Administrativa
Distrito criado com a denominação de Boa Vista do Tremendal, por lei provincial nº 1593, de 30-07-1868 e por lei estadual nº 2, de 14-09-1891, subordinado ao município de Rio do Pardo.
Elevado à categoria de vila com a denominação de Boa Vista do Tremendal, pela lei provincial nº 2487, de 09-11-1878,desmembrado de Rio Pardo. Sede na atual vila de Boa Vista do Tremendal. Constituído de 2 distritos: Boa Vista do Tremendal e Lençóis. Instalado em 04-10-1887.
Pela lei provincial nº 2575, de 30-01-1879 é criado o distrito de Mamonas e anexado ao município de Boa Vista do Tremendal.
Pela lei provincial nº 2692, de 30-11-1880 e por lei estadual nº 2, de 14-09-1891 é criado o distrito de Santo Antônio do Mato Verde e anexado ao município de Boa Vista do Tremendal.
Elevado à condição de cidade com a denominação de Boa Vista do Tremendal, pela lei provincial nº 3485, de 04-10-1887.
Pelo decreto estadual nº 165, de 19-08-1890 e por lei estadual nº 2, de 14-09-1891 é criado o distrito de São João de Pernambuco e anexado ao município de Boa Vista do Tremendal.
Pelo decreto estadual nº 166, de 19-08-1890 e por lei estadual nº 2, de 14-09-1891 é criado o distrito de Santo Antônio do Brejo dso Martirios e anexado ao município de Boa Vista do Tremendal.
Pela lei estadual nº 2, de 14-09-1891, é criado o distrito de Santa Rita e anexado ao município de Boa Vista do Tremendal.
Pelo decreto estadual nº 167, de 19-08-1890 e por lei estadual nº 2, de 14-09-1891 é criado o distrito de São João do Bonito e anexado ao município de Boa Vista do Tremendal.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído de 8 distritos: Boa Vista do Tremendal, Lençóis, Mamonas, Santa Rita, Santo Antônio do Brejo do Martirios, Santo Antônio do Mato Verde, São João do Bonito e São João do Pernambuco.
No quadro de apuração do Recenseamento Geral de 1-IX-1920, o município é constituído de 8 distritos: Boa Vista do Tremendal, Lençóis do Rio Verde, Gameleiras ex-Santo Antônio do Brejo do Martirios, Santa Rita, Santo Antônio de Mamonas es-Mamonas, Santo Antônio do Mato Verde, São João do Bonito e São João do Pernambuco.
Pela lei estadual nº 843, de 07-09-1923, o município de Boa Vista do Tremendal passou a denominar-se simplesmente Tremendal. Sob a mesma lei acima citado desmembra do município de Tremendal os distritos de São Sebastião de Lençois ex-Lençois, Santo Antônio de Mamonas ex-Mamonas e Santa Rita. Para formar o novo município com a denominação de Espinosa ex-São Sebastião de Lençois.
Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município é constituído de 5 distritos: Tremendal, Gameleiras, Santo Antônio do Mato Verde, São João do Bonito e São João do Pernambuco.
Assim permanecendo em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937.
Pelo decreto-lei estadual nº 148, 17-12-1938, o município de Tremendal passou a denominar-se Monte Azul. Sob a mesma lei é extinto o distrito de São João de Pernambuco, sendo seu território anexado ao distrito sede do município de Monte Azul.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 4 distritos: Monte Azul ex-Tremendal, Gameleiras, Mato Verde ex-Santo Antônio do Mato Verde, São João do Bonito.
Pela lei estadual nº 1039, de 12-12-1953, desmembra do município de Monte Azul os distritos de Mato Verde e São João do Bonito. Para formar o novo município de Mato Verde.
Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Monte Azul e Gameleiras.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-XII-1963.
Pela lei estadual nº 6769, de 15-05-1976, é criado o distrito de Novo Horizonte e anexado ao município de Monte Azul. Sob a mesma lei o distrito de Novo Horizonte passou a denominar-se Otinolândia.
Em divisão territorial datada de 1-I-1979, o município é constituído de 3 distritos: Monte Azul, Gameleiras e Otinolândia.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 18-VIII-1988.
Pela lei estadual nº 12030, de 21-12-1995, desmembra do município de Monte Azul o distrito de Gameleiras. Elevado à categoria de município.
Em divisão territorial datada de 15-VII-1997, o município é constituído do distrito sede.
Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2005.

Alterações toponímicas municipais
Boa Vista do Tremendal para Tremendal alterado, pela lei estadual nº 843, de 07-09-1923. Tremendal para Monte Azul alterado, pelo decreto-lei estadual nº 148, de 17-12-1938.

Separamos alguns produtos para você