Aproveite o frete grátis

Botas Texanas em Morretes / Paraná

Botas Texanas em Morretes / Paraná

Buscando botas texanas femininas e masculinas em Morretes - Paraná?

Acabou de encontrar! Aooo brutos e brutas de Morretes!



Nós da 7MBoots sabemos que Morretes - Paraná  é repleta de gente bonita e alegre, eventos sertanejos, e por isso, gostaríamos de oferecer a vocês aquela dica de amigo do peito.

Vocês sabiam que um calçado confortável pode diminuir o estresse corporal, agregar bem-estar e até mesmo, melhorar o seu humor?

Pois é, ter comodidade nos pés faz toda a diferença. E quando todo o conforto se une com beleza, design e elegância indescritível?

Não é maravilhoso? Com as texanas da 7MBoots, isso é possível!

Quem já conhece nossos produtos sabe de toda a qualidade e durabilidade de cada um deles, e quem não conhece, precisa conhecer, afinal, só a 7MBoots oferece uma variedade incrível de botas texanas masculinas, femininas e infantis que agradam a todos os gostos e não decepcionam nos quesitos resistência e durabilidade.

No site da 7MBoots, você cowboy ou cowgirl, encontra botas texanas de bico quadrado, de bico redondo, além de modelos escamados, fabricados a partir de couro réplica de avestruz, com aplicações de bandeiras de países e muito mais!

Todos os nossos pares são fabricados em couro legítimo de maneira artesanal, para garantir a vocês a sensação de um calce perfeito, que proporciona flexibilidade única e bem-estar incomparável.

Corra já para o site e garanta a sua bota texana 7MBoots!

Nós garantimos uma entrega rápida e segura em Morretes, e em casos de trocas, não há motivos para preocupação, afinal, o nosso procedimento é bastante simples.

Escolha já a sua texana, e receba, na comodidade do seu lar, a sua mais nova companheira de aventuras.


Conheça um pouco mais sobre  Morretes Paraná:

Gentílico: morretense

Histórico

MORRETES / PARANÁ

HISTÓRICO

Os primeiros moradores de Morretes foram aventureiros e mineradores, vindos de Vilas e povoações paulistas, em 1646, motivados pelas descobertas de jazidas de ouro na região.

Foi o ouvidor Rafael Pires Pardinho quem , em 1721, determinou que a Câmara Municipal de Paranaguá medisse e demarcasse 300 braças em quadra, para servir de localização da sede da futura povoação de Morretes.

O povoamento da localidade foi lento, e, em meados do século XVIII, o Capitão Antonio Rodrigues de Carvalho e sua esposa, Dona Maria Gomes Setúbal, naturais de Paranaguá, passaram a residir no povoado de Morretes, período em que foi construída uma Igreja sob a invocação de Nossa Senhora do Porto e Menino Deus dos Três Morretes.

No período de 1811 a 1832, o comércio e a indústria, particularmente o beneficiamento de erva-mate e a indústria de aguardente, sobrepujavam as demais atividades.

Em 1811, a povoação foi elevada à categoria de Freguesia e, em 1841 à categoria de Vila.

O nome do município, originou-se do fato de estar a Cidade cercada por morros de pequena elevação e que eram denominados de Morretes.

Gentílico: morretense ou morretiano

FORMAÇÃO ADMINISTRATIVA

Pela Lei providencial Nº 016 de 1º de março de 1841, foi elevada a categoria de município, sendo desmembrada de Antonina e instalado em 05 de junho do mesmo ano. Em 24 de maio de 1869, pela Lei providencial Nº 188, passou a denominar-se Nhundiaquara (NHUNDIA: peixe, jundiá e QUARA: empoçado, buraco), e recebe os foros da cidade. Pela Lei nº 227 de 7 de abril de 1870, voltou-se a denominar Morretes, atual denominação oficial do município.

Freguesia criada com a denominação de Nhundiaquara, pela resolução régia de 18­05-1811 e pela resolução provincial de 29-04-1812, subordinado ao município de Antonina.

Elevado à categoria de vila com a denominação de Nhundiaquara, por lei provincial de São Paulo n.º 16, de 01-03-1841, desmembrado de Antonina. Sede na povoação de Nhundiaquara. Constituído do distrito sede. Instalado em 05-07-1841.

Pela lei provincial n.º 32, de 07-04-1855, é criado a freguesia de Porto de Cima e anexado a vila de Nhundiaquara.

Elevado à condição de cidade, pela lei provincial n.º 188, de 24-05-1869.

Pela lei provincial n.º 227, de 07-04-1870, o município de Nhundiaquara passou a denominar-se Morretes.

Pela lei provincial n.º 294, de 07-03-1872, desmembra da vila de Morretes a freguesia de Porto de Cima. Elevado à categoria de vila.

Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município é constituído do distrito sede.

Pelo decreto n.º 2439, de 05-12-1931, o município de Porto de Cima é extinto, sendo seu território anexado do município de Morretes.

Em divisões territoriais datadas de 31-XII-1936 e 31-XII-1937, o município é constituído de 2 distritos: Morretes e Porto de Cima.

Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distritos: Morretes e Porto de Cima.

Assim permanecendo em divisão territorial datada de 14-V-2001.

Alteração Toponímica Municipal: Nhundiaquara para Morretes alterado, pela lei provincial n.º 227, de 07-04-1870.

Separamos alguns produtos para você