Aproveite o frete grátis

Botas Texanas em Ouro Verde / São Paulo

Botas Texanas em Ouro Verde / São Paulo

Buscando botas texanas femininas e masculinas em Ouro Verde - São Paulo?

Acabou de encontrar! Aooo brutos e brutas de Ouro Verde!



Nós da 7MBoots sabemos que Ouro Verde - São Paulo  é repleta de gente bonita e alegre, eventos sertanejos, e por isso, gostaríamos de oferecer a vocês aquela dica de amigo do peito.

Vocês sabiam que um calçado confortável pode diminuir o estresse corporal, agregar bem-estar e até mesmo, melhorar o seu humor?

Pois é, ter comodidade nos pés faz toda a diferença. E quando todo o conforto se une com beleza, design e elegância indescritível?

Não é maravilhoso? Com as texanas da 7MBoots, isso é possível!

Quem já conhece nossos produtos sabe de toda a qualidade e durabilidade de cada um deles, e quem não conhece, precisa conhecer, afinal, só a 7MBoots oferece uma variedade incrível de botas texanas masculinas, femininas e infantis que agradam a todos os gostos e não decepcionam nos quesitos resistência e durabilidade.

No site da 7MBoots, você cowboy ou cowgirl, encontra botas texanas de bico quadrado, de bico redondo, além de modelos escamados, fabricados a partir de couro réplica de avestruz, com aplicações de bandeiras de países e muito mais!

Todos os nossos pares são fabricados em couro legítimo de maneira artesanal, para garantir a vocês a sensação de um calce perfeito, que proporciona flexibilidade única e bem-estar incomparável.

Corra já para o site e garanta a sua bota texana 7MBoots!

Nós garantimos uma entrega rápida e segura em Ouro Verde, e em casos de trocas, não há motivos para preocupação, afinal, o nosso procedimento é bastante simples.

Escolha já a sua texana, e receba, na comodidade do seu lar, a sua mais nova companheira de aventuras.


Conheça um pouco mais sobre  Ouro Verde São Paulo:

Gentílico: ouro-verdense

Histórico

Fundação: 23 de março de 1945, Olavo Ribeiro do Val, no intuito de fundar um povoado, adquiriu 800 alqueires de terra na conhecida regão Zona da Mata, na comarca de Lucélia.
O lugar escolhido, marginando o espigão do Rio do Peixe e Marrecas, passou a chamar Ouro Verde, em virtude de suas terras prestarem ao plantio do café (Ouro Verde do Brasil).
A princípio tudo foi muito difícil, pois não havia comunicação de espécie alguma. Como não havia acesso, foram abertas várias picadas que iam ter ao local onde iniciaram as derrubadas de matas e lotearam terras afim de abrirem o futuro povoado.
Devido a falta de comunicação, tornava-se quase impossível o povoamento do lugar. Para acabar essa dificuldade, abriram-se estradas ligando o povoamento às cidades vizinhas.
Começa então a progredir o novo núcleo.
Os esforços, para o melhoramento do município foram intensos e arduos, pois havia na época cidades que começaram a atrapalhar o ritmo de progresso acelerado que Ouro Verde estava tomando.
A iluminação na época era precária, mas havia o fornecimento de energia por um motor de propriedade do Sr. João Peão, que mais tarde passou para o Sr. Olavo Ribeiro do Val, que adaptou um dinamo num trator.
A população já aumentava. Fazia-se necessário um clube onde realizariam-se bailes e passassem filmes.
Com o desenvolvimento da agricultura principalmente do café, teve início o grande surto econômico da população.
Em fase do grande e rápido progresso, foi Ouro Verde elevado a categoria de Distrito de Paz, com terras desmembradas do Distrito de Gracianópolis (hoje Tupi Paulista), a 21 de dezembro de 1948.
Foi elevado a município da comarca de Dracena a 30 de dezembro de 1953, sendo instalado a 1º de janeiro de 1954. Como município, ficou constituído Arabela, distrito de Ouro Verde.
Teve seu primeiro prefeito, o Sr. Antonio Ortega Criado.

Separamos alguns produtos para você